3/21/2012


VIA SACRA DO DOENTE



Chega cedo de longe vinda

Muito cedo levantada

Hoje as dores são mais profundas

É dia de vida sacra e nelas se vai mexer

É uma coisa depois outra

É exame é consulta são 8 da manhã

Parece que vim a correr

Chegada de trás os montes

Uma pergunta comum

Dona Maria está em Jejum ?

Pois como não havia eu de estar

A reforma tão pequena

E tendo as viagens que pagar

Pouco me irá sobrar

E meses irão haver que nem irá chegar

Venha de lá esse braço para o sangue tirar

Caminha mais uma estação

E novamente a pergunta

Está em jejum Dona Maria ?

Estou em jejum mas com fome

Mas com certeza não vou comer

Pois o dinheiro não chega

Enquanto me dói o corpo e minha alma a doer

Vamos lá fazer o exame

Não dói nada mas já sabe

Não é a primeira vez

Ainda falta a consulta para poder abalar

Para sua aldeia tão linda com sua dor calada

Dói o corpo dói a alma

Já é tanto o cansaço

De quem tão cedo levantou

Na vida tanto caminhou

A doença a apanhou

O dinheiro escasseou

Fruto de leis injustas

Quem a irá ajudar

Quando a via Sacra acabar

Alguém terá coragem

Deste corpo  Cruxificar ?



António Costa

Sem comentários: