11/05/2011

SENTIR








SENTIR

Sinto a dor do sentir
Sentimento que dói por dentro
Vejo nos olhos o que sinto
Sinto a dor do momento
Sinto que os olhos não mentem
E naquele triste olhar
Mostram aquilo que sentem
Dói o corpo dói a alma
Dói a incerteza do saber
E os olhos não escondem
O que vejo no seu ver
Aqueles olhos tão lindos
Já cheios de desilusão
Dizem-me aquilo que sinto
E me aperta o coração
Aquele corpo abatido
Que vai perdendo a esperança
Precisa ouvir com seus olhos
Palavras de confiança
Precisa não ver em meus olhos
O sentir que sinto de dor
Meus olhos devem mostrar
O meu amor solidário
Seus olhos devem ver
O porquê de ser Voluntário












António Costa

Sem comentários: